O que você precisa saber sobre o Programa de Apoio ao Luto da Angelus

4 min • 10/04/2023

Programa de Apoio ao Luto da Angelus

Perder um ente querido significa passar por um turbilhão de sentimentos e desafios. E nesse momento é fundamental contar com uma rede de amparo que ajude a compreender melhor esse processo de despedida. O programa ajuda a compor a rede de apoio e oferecer mais tranquilidade a esse momento delicado.

A rede de apoio de quem está passando por um momento como esse pode ser composta de amigos e familiares. Porém, buscar a ajuda de um profissional permite que esse momento seja conduzido de forma mais acertada. Por isso, o Programa de Apoio ao Luto da Angelus é direcionado por profissionais qualificados.

Entenda mais!

A importância de compartilhar as dores do luto

A dor do luto tem uma causa biológica, mas que se origina de uma dor subjetiva diante da perda de uma relação. E, a maioria das pessoas tem medo de compartilhar as suas dores mentais com receio de serem julgadas de alguma forma. Por isso, elas escondem a ferida, escondem essa dor dentro de si. Com o tempo, ela pode aumentar e se tornar insuportável de carregar sozinho.

O Programa de Apoio ao Luto compreende que a dor da perda, apesar de não palpável e muitas vezes difícil de entender, pode doer tanto quanto, ou até mais do que uma dor que se justifica por uma enfermidade física. A proposta é validar a dor, pois só é possível cuidar da dor que é reconhecida como importante ou existente. Afinal, quando contamos o que estamos sentindo, deixamos essa dor exposta, e só o que está exposto pode ser curado.

O fato é que ao falarmos sobre as nossas dores, descobrimos que outras pessoas também passam por experiências semelhantes. Dividir essa ferida não faz com que ela deixe de existir, mas alivia o fardo de mantê-la em segredo. E saber que existem outras pessoas na mesma situação, alivia um pouco o coração ao diminuir a sensação de solidão e criar uma noção de pertencimento.

Com quem compartilhar as dores do luto?

Conversar com as pessoas que se ama sempre ajuda a aliviar as dores emocionais. Isso inclui familiares, amigos e pessoas em quem você confia. Eles podem te ajudar a lidar com as suas angústias e amenizar a dor interior. Porém, quando falamos da dor do luto, que costuma ser mais complexa e traz uma confusão emocional diferenciada, nem sempre isso é o suficiente.

Por isso, existe o Programa de Apoio ao Luto da Angelus. Neste programa existem grupos formados por pessoas que estão em processo de luto e por profissionais capazes de ajudá-los de forma mais acertada. É altamente indicado para pessoas que estão encontrando dificuldades na elaboração de seu luto ou que não encontram apoio em sua rede familiar e social. Assim, podem contar com o apoio de um serviço especializado em luto que acolha e auxilie neste momento.

Como o luto é complexo, nem sempre quem é muito próximo consegue ajudar. É preciso ter uma perspectiva de fora, por isso, os profissionais que fazem parte desses grupos são fundamentais para contribuir com esse momento. Ainda existe o fato de que você poderá compartilhar seus sentimentos com outras pessoas que estão passando por esse problema, e que por isso, vão te compreender.

O que é o Programa de Apoio ao Luto?

O Apoio ao Luto é um programa que visa oferecer acolhimento e atendimento humanizado aos associados da Angelus que estão passando por esse momento. Em especial aqueles que estão vivenciando a perda de uma pessoa significativa, e que estão tendo dificuldades de lidar com esse acontecimento, ainda que não tenha demonstrado isso para mais ninguém.

O principal objetivo do Programa de Apoio ao Luto da Angelus é promover a saúde mental. Para isso são oferecidos atendimentos acolhedores e humanizados para todas as famílias que buscam o serviço da Angelus, além de rodas de conversa.

O Programa de Apoio ao Luto da Angelus também visa trabalhar o tabu em torno da morte e do luto. Para isso, são realizadas ações psicoeducativas voltadas, em especial, para a comunidade do Vale do Ribeira. Tudo isso é realizado com o objetivo de facilitar os processos de luto dos enlutados que buscam procuram pelo acolhimento da Angelus.

Como o Programa de Apoio ao Luto funciona?

Nem todas as pessoas enlutadas vão precisar de um acompanhamento psicológico especializado, porém todos precisam de atitudes cuidadoras. Por isso, o olhar da psicologia já está presente no atendimento prestado pelos funcionários do serviço funerário do Plano Angelus, através das capacitações.

Facilitar a comunicação entre os funcionários e as famílias são medidas preventivas que evitam o sofrimento. E além do cuidado ao atender uma pessoa enlutada, que é um momento de extrema fragilidade, a Angelus também demonstra o acolhimento ao enviar uma carta de condolências aos familiares que perderam alguém.

Alguns dias após o velório, as famílias associadas ao plano recebem uma ligação para verificar a satisfação com o serviço prestado, com o atendimento realizado na funerária e para oferta e explicações sobre o Programa de Apoio ao Luto. Se a família se interessar, será agendado um acolhimento, realizado por meio de uma visita domiciliar para toda a família, um atendimento individual na sala do Programa de Apoio ao Luto ou um atendimento online.

O objetivo desse acolhimento é ajudar os enlutados a expressarem a sua dor em um ambiente seguro e acolhedor. Se for preciso continuar o acompanhamento, o suporte será oferecido na modalidade grupal. O serviço do Programa de Apoio ao Luto da Angelus é gratuito, não tem limite de tempo, e pode ser solicitado já na funerária, quando o funcionário indica, por notar a necessidade, ou quando a própria família solicita.

Quais são as ações realizadas pelo Programa de Apoio ao Luto?

Como vimos, o Programa de Apoio ao Luto possui diversas ações que são iniciadas desde o primeiro contato com o serviço funerário da Angelus. Sendo assim, a primeira ação realizada está na capacitação constante dos funcionários para atender a todos de forma cuidadosa e voltada para o conforto de todas as famílias que estão em situação de luto.

Depois acontece a indicação diretamente ao enlutado para o Programa de Apoio ao Luto, sempre que a necessidade for percebida. Em seguida, é enviada uma carta de condolências para todas as famílias atendidas pela Angelus. A próxima ação é fazer uma ligação de pós-óbito para todas as famílias, onde o serviço do Programa de Apoio ao Luto é oferecido.

Quando requisitada, a próxima ação é agendar o momento de acolhimento. E a partir daí, se necessário, serão realizados os atendimentos na modalidade em grupo. Após a alta, o participante continua em processo psicoterápico sem foco em luto e poderá ser atendido por um valor mais acessível, pela Cliniprev, clínica parceira da Angelus.

Como é o atendimento do Programa de Apoio ao Luto?

O luto é um momento difícil, porém, também é um momento natural, por isso, não é necessário que haja intervenção profissional em todos os casos. A ajuda profissional será necessária quando o enlutado apresentar dificuldade em expressar a sua dor ou dificuldades em lidar com sentimentos contraditórios.

Também será necessário quando o enlutado tiver dificuldade em aceitar a sua nova realidade, principalmente, quando tiver que assumir novos papéis. Geralmente, essas dificuldades ocorrem no caso de perdas traumáticas, ou quando o enlutado já possui alguma vulnerabilidade, como um transtorno psiquiátrico prévio.

Diante de tudo isso, o atendimento do serviço do Programa de Apoio ao Luto é feito com todo o cuidado e com supervisão de profissionais capacitados. O atendimento inicial, feito pelos funcionários das funerárias, é orientado por meio de treinamentos e capacitações conduzidos por psicólogos especializados na área.

Além disso, tanto os atendimentos individuais, quanto em grupo, são direcionados pela psicóloga especializada em luto, Karina Zanini Marques. Nos atendimentos em grupo, além do contato com o profissional, o enlutado também terá a experiência de compartilhar a sua dor com outras pessoas que estão na mesma situação, passando por perdas de entes queridos.

Conheça o Programa de Apoio ao Luto da Angelus

O serviço do Programa de Apoio ao Luto da Angelus é gerenciado pela psicóloga Karina Zanini Marques. Esse apoio inclui a visita de acolhimento, para analisar a necessidade de um acompanhamento profissional, e em casos especiais, a presença da psicóloga no velório.

Caso haja a necessidade de atendimentos psicoterápicos, eles serão realizados na modalidade grupal, e sem nenhum custo para os associados do Plano Angelus. Esse trabalho possibilita que o enlutado encontre apoio nos encontros com outros participantes, e a psicóloga facilitará essa comunicação promovendo a elaboração do luto.

Após a alta, não é esperado que o enlutado pare de chorar ou esqueça o ente perdido. É esperado que consiga lidar melhor com a ausência da pessoa falecida, e que possa seguir com a vida, sentindo-se mais tolerante com o próprio sofrimento, mais forte e capaz de superar a dor.

Quer entender como funciona o programa de apoio ao luto? Preencha o formulário abaixo

Novos grupos do Programa de Apoio ao Luto

O início do ano é o momento em que os novos grupos do Programa de Apoio ao Luto estão sendo formados. Por isso, esse é o melhor momento para se inscrever, e a partir daí, todos serão divididos em grupos de interesse.

Agora que você já sabe o que é o Programa de Apoio ao Luto da Angelus, se inscreva em um dos nossos grupos!

Artigos Relacionados



Plano em Vida

Plano em vida: o que está por trás deste conceito?

Hoje queremos nos aprofundar e conversar com você sobre o conceito de plano em vida. Afinal, em nossa jornada neste plano, frequentemente evitamos discutir ou planejar o inevitável. A morte, um aspecto da existência que todos enfrentamos em algum momento, é muitas vezes um tabu, um assunto que preferimos deixar de lado. No entanto, a […]

Ler artigo
Outubro Rosa estatísticas sobre o câncer de mama e seus lutos

Outubro Rosa: estatísticas sobre o câncer de mama e seus lutos

O Outubro Rosa é um movimento global que se tornou um símbolo de conscientização sobre o câncer de mama. Assim, a cada ano, durante o mês de outubro, o mundo se veste de tons de rosa para lembrar a todos da importância da detecção precoce e do apoio às mulheres que enfrentam essa doença devastadora. […]

Ler artigo
Angelus indica livros sobre a vida, a morte e o luto

Angelus indica: livros sobre a vida, a morte e o luto

Hoje vamos falar sobre livros sobre a vida, a morte e o luto. Afinal, lidar com esses processos é sem dúvida uma das experiências mais difíceis que um ser humano pode enfrentar. Cada um de nós lida com essas circunstâncias de maneira única, mas muitas vezes sentimos a necessidade de buscar respostas e compreensão através […]

Ler artigo